Skip to main content

Receita: Iogurte de Coco

Ingredientes:

Leite de coco concentrado – 2 xícaras (500 ml)
Polvilho doce – 3 colheres de sopa (20 g)
Rejuvelac – 2 colher de sopa (30 ml)
Açúcar demerara – 2 colher de sopa (22 g)
Óleo de coco derretido – 1 colher de sopa (15 ml)
Ágar-ágar – 1 ½ colher de chá

 

Modo de preparo:
1- Em uma panela coloque o leite de coco, o polvilho doce, o açúcar demerara, o óleo de coco e o ágar-ágar. Misture bem até os ingredientes secos se dissolverem.
2- Leve ao fogo médio e mexa sem parar até a mistura engrossar.
3- Desligue o fogo e espere amornar.
4- Quando a mistura atingir uma temperatura entre 40 e 60ºC, adicione o rejuvelac e misture bem até incorporar. O rejuvelac não pode ser adicionado quando a mistura estiver quente porque senão irá matar as enzimas, e não pode ser adicionado em temperaturas frias porque elas não irão se desenvolver e fermentar o iogurte.
5- Transfira o iogurte para um recipiente e tampe com gazes ou com um pano de prato que permita a entrada de ar.
6- Deixe fermentar em temperatura ambiente por cerca de 12 a 24 horas. Quanto mais tempo você deixar o iogurte fermentando, mais enzimas irão se desenvolver, e mais azedinho ele ficará. Deixe fermentar até adquirir o sabor que você preferir. Se a temperatura ambiente for mais quente, o iogurte irá fermentar com mais rapidez. Se a temperatura for mais fria, demorará mais tempo.
7- Depois de fermentado, o iogurte ficará mais consistente. Misture com uma colher para ficar cremoso.
8- Feche bem o recipiente com uma tampa e armazene na geladeira. Dura cerca de 5 dias.

Nota: Para um leite de coco mais concentrado e saboroso, bata no liquidificador 1 xícara de coco ralado seco, sem açúcar e não desengordurado com 2 xícaras de água quente. Espere amornar e coe normalmente.

Rendimento: 2 xícaras aproximadamente

 

Fonte: Tempero Alternativo

Redação: Dr. Diógenes Alcântara – Coordenação e Renata Nagli – jornalista

 



2 comentários em “Receita: Iogurte de Coco

  1. Excelente artigo! Já visitei o seu blog outras vezes, porém nunca
    tinha escrito um comentário. Pus seu blog
    nos meus favoritos para que eu não perca nenhuma atualização.
    Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *